Gig Rock 2009 "fura" aniver da Ipanema FM

[Festival Gig Rock VII, Casa do Gaúcho, Porto Alegre, 07.11.2009]

São Pedro não é do rock. Única conclusão possível para justificar que a chuva conspirasse contra um evento bacana como o 7º Gig Rock, caindo de modo torrencial e ininterrupto. Claro que a galera de fé não se constrangeu. Assim como na noite da véspera, havia fila frente aos rocker points como Garagem, Cabaret, e Porão do Beco, neste sábado houve quem fizesse questão de ir à Casa do Gaúcho para uma oportunidade ímpar. Entre os antenados, Atílio Macondo, dono da casa noturna mais alternativa de Santa Maria, que leva seu sobrenome. O ambiente tinha bancas em toda a volta, vários brechós, bar, área vip superior…
Esse ano o Gig “furou” o aniver da Ipanema, ocorrendo uma semana antes e reunindo um elenco que dificilmente será ultrapassado pela festa da concorrente (a qual em 2008 atingiu um nível de excelência insuperável até para si mesma). Cedeu espaço a bandas gaúchas emergentes e consolidadas, nomes do mercosul, e atrações nacionais de peso. Um dos responsáveis por isso é o meu xará Marcelo Ferla, diretor artístico da novíssima Oi FM, patrocinadora do evento, que foi produzido pelo Beco.
Os olhares, claro, estavam voltados para o palco, que chegou a ter três baterias que a cada set eram alternadas, como os demais instrumentos, em suportes móveis, face à rotatividade de artistas.
Por motivos de força maior perdi vários shows. Comecei pela metade dos WALVERDES, cujo peso estava agradando. O duo eletrorock FENX é legal, tem potencial radiofônico até, e incrementou o show com participação da Adriana Deffenti (que, aliás, estava um mulherão hoje). Talvez não fosse o que os mais radicais queriam ouvir, mas representaram bem a diversificação do cast.
Os uruguaios do DANTE INFERNO tem um som extremamente soturno e pouco festeiro, além de influências dylanescas. Também tiveram um set bastante curto, em pouca sintonia com a pegada que se queria.
Vibe não faltou na atração seguinte: TONHO CROCCO, grata surpresa, para mim que não dispenso nenhuma atenção especial a seu trabalho. A banda profi recrutada, com destaque para o batera, levou o público a um dos picos de empolgação. Mesmo cada vez mais longe da estética do rock, Crocco define o estilo como essa diversidade que abrange R&B, funk, reggae… Encerrou com “Dívida” e uma versão mais “orgânica” de “Peleia”, muito legal…
Logo em seguida, (após a passagem de som mais detalhista e demorada da noite) talvez o segundo vulto do gig7: o docinho de côco MALLU MAGALHÃES, anunciada pela presidente do fã-clube local. Ao vivo, aquele jeitinho tímido dela não me pareceu ensaiado. A menor de idade é tratada como um bibelô, até pelos roadies que lhe trazem e colocam cada dos vários instrumentos a tempo e a hora. Prodigiosa, já chegou botando a boca na harmônica, e ainda tocaria violão, escaleta, banjo, pratos de bateria. O que ela faz não é rock, são canções countryficadas, em um estilo que tem mercado mais segmentado nos EUA. Teve um blues, mas a parte mais rock do show foi após a segunda metade, com a surpresa anunciada: Camelo foi chamado ao palco, e puxou umas músicas com guitarra mais visceral, como “Além Do Que Se Vê”… o casal dançou colado na saideira. Além do modelo de vestido, Malluzinha tem muito mais em similar com a Fernanda Takai: ambas poderiam concorrer ao título de cantora fofura do pop Brasil.
***
Após o Pato Fu, a GRAFORRÉIA deve ter sido vista atentamente pelos mineiros que volta e meia gravam alguma composição do Frank. Os xilarmônicos reprisaram “Eu” à sua maneira, além de “Nunca Diga”. E também “Amigo Punk”, outro hino que nunca ouvira ao vivo com o autor, e “Bagaceiro Chinelão”. O que mais chama atenção nos caras é a ausência de estrelismo.
Outras atrações que merecem menção honrosa foram BIDÊ OU BALDE e TENENTE CASCAVEL, cujos shows não pude ficar para curtir.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s