A vocação headbanger do South Fest

Festival South Fest de bandas, Atelier Coletivo, 04.09.2010

Tanto o cast escalado como a recepção do público comprovaram que o festival South Fest, apesar de algumas variações, confirmou a tendência metálica dos eventos coletivos de rock mais recentes na cidade.
Os shows começaram por volta de 21h30, surpreendendo o provinciano hábito bajeense de sair para festas lá pelas 2h da manhã.

Lactário Ruivo

Amnésia

Três músicas autorais também foram tocadas em seguir pela Amnésia. Aqui começaram os covers da noite, partindo do metal e hard até uma seqüência que revisitou o grunge.

Formação
Diego Almeida (Frodo) – Vocal
Marco machado – Guitarra
Alberto Delabari – Baixo
Israel Lopes – Bateria

Repertório
Fundo de Aquário (instrumental) – Amnesia
N.I.B. – Black Sabbath
Fire and Water – Free
Saudade (instrumental) – Amnesia
Nutshell – Alice in Chains (participação especial: Allan Silveira – violão)
Bleed the Freak – Alice In Chains
The Stonewings – Amnesia

Wild Side

Heavy mas clássica, a Wild Side (Santa Maria), em mais da metade do show reverenciou Led Zeppelin, comprovando que canções como “Over The Hills and Far Away” permanecem as mesmas… Apesar de a vocalista Susie alegar problemas na garganta, a performance foi impecável.

Formação:
Susie Q – Voz
Pablo Iffarraguirre – Guitarra
Bruno Gomes – Baixo
Bruno Trindade – Bateria

Repertório:
Whole Lotta Love
Communication breakdown
Rock and Roll
Burn
I believe in a thing called love
The Song Remains The Same
Over The Hills And Far Away
Little Wing
18 and Life
Immigrant Song
Thunderstruck

Morphose

Formada em 1996, a Morphose apresentou o peso mais extremo da noite, com seqüências de duas covers para cada banda, exceto o Slayer que teve um bônus com uma reprodução de sua versão para o hino do filme Easy Rider.

Formação:
Antonio Munhoz – baixo, vocal
Gladimir Purper – guitarra
Andrei Cabral – Bateria

Repertório:
Sepultura: Arise, Territory
Metallica: Creeping Death, Motorbreath
Slayer: Seasons In The Abyss, Raining Blood
Motorhead: Ace Of Spades, No Class
Pantera: Mouth For War , 5 Minutes Alone (participação especial: Patrick Gomes – vocal)
Steppenwolf versão Slayer: Born To Be Wild

Outsiders

Finalmente, os anfitriões – organizadores do festival apresentarem um set ligeiramente modificado em relação à performance do show de semanas atrás no mesmo Atelier, continuando o peso da banda anterior mas com algo mais de melodia nos minuciosos solos do Diego.

Formação
Fabiano V. R. (laranja) – vocal
Bruno M. D. (porta) – bateria
Diego M. M. (monteblanco) – Guitarra
Luiz Mário M. (hilario) – baixo

Repertório
Metallica – for whom the bell tolls
Black Sabbath – Children of the Grave
Megadeth – Skeen o’ my teeh
Pantera – Mouth for War
Iron Maiden – Losfer Words
Metallica – Am I Evil
Metallica – Seek’n’destroy
Megadeth – holy wars
Pantera – Cowboys from Hell
Black Label Society – Losin’ your mind
Megadeth – A Tout le Monde
Black Label Society – Stillborn
Pantera – 5 Minutes Alone
Down – Stone in the Crow

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s